Thu

10

Nov

2011

Tutorial - Realce as cores e a nitidez das fotos!

Cores e detalhes: dois elementos que podem exaltar ou destruir qualquer foto. Se um dos dois estiver faltando, o outro tem de trazer algo de especial para compensar. Se ambos forem fracos, você tem um problema. Mas nem tudo está perdido! Este truquezinho esperto faz maravilhas para qualquer foto de cores esmaecidas e foco suave. Ele dá mais vida à imagem e a faz saltar aos olhos. Dito isso, não se trata de nenhum milagre. Se a foto tem sérios problemas de cores e detalhes, isso não vai ajudar. É preciso um certo potencial. Se esse for o caso de sua imagem, não deixe de experimentar esta técnica.

Passo1 - Ressalte os detalhes

Crie uma cópia da camada de fundo para trabalhar. Vá a Filter > Sharpen > Unsharp Mask e trabalhe com os ajustes até poder ver alguns detalhes da imagem revelados. Neste exemplo usamos um Amount de 72%, Radius de 4.8 pixels e Threshold de 5 níveis. Os resultados podem variar de acordo com a imagem.

Passo 2 - Mais energia

Adicione uma camada de ajuste Vibrance clicando no ícone Vibrance na paleta Adjustments. Aumente o deslizante Vibrance e a saturação. Cuidado para não estourar os tons. Se necessário, use a máscara automaticamente adicionada para remover os ajustes onde eles não forem necessários.

Passo 3 - Toque final

Crie uma camada composta no alto da pilha usando Ctrl/Cmd + Alt + Shift + E e, nessa nova camada, vá a Filter > Other > High Pass. Insira um ajuste de 3 pixels e dê OK. Mude o modo de mesclagem da camada para Overlay para dar um toque nal de nitidez nas bordas e a imagem já deverá estar bem mais bacana.

By Photoshop Creative

0 Comments

Tue

19

Oct

2010

Tutorial - Desenho retrô

 Muito bacana este tutorial, vale a pena ler!

 

Neste tutorial, vamos nos inspirar nas ilustrações de surfe populares na década de 1970 – pores do sol, palmeiras e ondas perfeitas, o sonho californiano! Usaremos uma paleta de cores limitada para recriar o visual de uma camiseta serigrafada. Para isso, usaremos muito as ferramentas Shape do Photoshop – seus preenchimentos sólidos e definidos são ideais para esse tipo de ilustração. Outra vantagem é que independem de resolução. O contorno da forma é salvo como máscara vetorial, que consiste em demarcadores, o que permite que ela seja infinitamente redimensionada sem perda de qualidade. 

 

Para começar, você vai aprender a preparar uma seleção de imagens usando filtros. Você verá, então, o quanto é fácil convertêlas em demarcadores e em formas personalizadas. Depois, construiremos a composição usando camadas e veremos técnicas para subtrair partes delas e cruzá-las.

Quando você cria uma nova camada Shape, ela é automaticamente preenchida com a cor atual de primeiro plano. Para mudar isso, basta clicar duas vezes na miniatura da camada para acessar o Color Picker. Também é recomendável salvar as formas para que possam ser recarregadas, caso necessário.

Para isso, escolha Edit > Preset Manager e selecione Custom Shapes no menu de cortina. Depois, dê Ctrl/Cmd e clique para selecionar as miniaturas necessárias; pressione Save Set.


 

01 Desenhe um path

Ajuste a ferramenta Pen para paths e isole cuidadosamente a kombi. Use os modificadores Option, Ctrl/Cmd e Shift conforme trabalha. Ao terminar, clique duas vezes na miniatura do path para chamá-lo de “Path 1”. Segure Ctrl/Cmd e clique na miniatura do path para gerar uma seleção. Adicione uma nova camada e preencha a seleção com branco.

 

 

 

02 Elimine os tons

Copie a camada de fundo; ponha no alto. Aplique Filter > Noise > Median=2px. Escolha Image > Adjust > Threshold=126. Faça uma seleção baseada no path; pressione Shift + Ctrl/Cmd + I para inverter. Use uma borracha grande e dura para remover o fundo (não a sombra); não se preocupe com as áreas brancas.

 

 

 

03 Demarcador da seleção

Pegue a Magic Wand, desmarque Contiguous e clique na imagem para selecionar as áreas pretas. Passe para a aba Paths e escolha Make Work Path no menu no canto superior direito. Na janela seguinte, digite um valor de Tolerance de 0,5 e dê OK. Chame seu segundo Path de “Path 2”.

 

 

 

 

 

EM FORMA

Converta demarcadores em formas e prepare as imagens restantes

 

 

 

04 Defina

Agora, vamos armazenar os dois demarcadores como Custom Shapes. Selecione a miniatura do primeiro path, escolha Define Custom Shape no menu Edit e repita a operação para o segundo demarcador. Selecione a ferramenta Custom Shape e clique no menu de cortina na barra de opções para ver as duas miniaturas na parte de baixo da lista.

 

 

 

05 Máscara de canal

Abra 978317_95592524.jpg. Como essa figura tem um fundo contrastante, vamos usar uma técnica diferente para isolá-la. Passe para a aba Channels e duplique o canal Red (que tem o maior contraste). Modifique com um ajuste de Levels: Input Shadows 33, Input Highlights 7; preencha o fundo remanescente com um pincel preto duro.

 

 

 

06 Primeira flor

Ctrl/Cmd e clique na miniatura de Channel. Escolha o canal de cima e passe para Layers. Use a seleção para adicionar uma nova camada preenchida com branco; clique na camada de fundo e pressione Ctrl/Cmd + J para copiar. Ponha no alto da pilha, aplique uma pequena quantidade de Median e um ajuste de Threshold. Crie demarcadores e salve como Custom Shapes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

07 Mais formas

 

Aplique o mesmo trabalho às imagens restantes. Como cada uma delas é diferente, será necessário usar uma combinação de técnicas para isolá-las com sucesso. Para imagens que não precisam de um preenchimento interno separado, como as árvores e pássaros, crie um único demarcador com a silhueta e não use o filtro Median. Ao terminar, converta todos os paths para Custom Shapes.
 
By Photoshop Creative 
17 Comments

Fri

03

Sep

2010

Qual a sua personalidade profissional?

Olá a todos, fiz um teste muito bacana que me deu um resultado completo a respeito da minha personalidade profissional. Este teste também aponta qual nossos pontos negativos e o que devemos fazer para trabalhar em harmonia com a nossa personalidade profissional.

 

O link para o teste é: http://sites.mpc.com.br/negreiros/quiz.html

 

Abaixo segue o meu resultado para os mais curiosos.

 

Abraços.

 

Resultado: ESFJ

 

(Aproximadamente 11-14% da população) ESFJs são motivados em ajudar outras pessoas de maneiras reais e práticas através de ação direta e cooperação. Eles são responsáveis, amigáveis e receptivos.
Porque ESFJs colocam tanta importância em seus relacionamentos com as outras pessoas, normalmente são populares, corteses, desejosos em agradar e falantes. Eles necessitam relacionamentos harmoniosos com os outros e se esforçam muito para alcançá-los e mantê-los. Na verdade, eles com frequência idealizam o que quer que seja ou quem quer que seja que admiram. ESFJs necessitam ser apreciados por si mesmos e seu trabalho, sendo altamente sensíveis à indiferença ou a critica. Eles normalmente expressam fortes opiniões, são determinados e gostam de ter as coisas decididas.
Práticos e realistas, ESFJs tendem a ser pragmáticos e organizados. Eles dão atenção e lembram-se de detalhes e fatos importantes e gostam que os outros estejam cientes de seus fatos também. Eles baseiam seu planejamento e opiniões em sua própria experiência pessoal ou na de alguém em que confiam. Estão conscientes e envolvidos com o seu ambiente físico e gostam de ser ativos e produtivos.
Porque ESFJs são conscienciosos e tradicionais, estão sempre comprometidos pelo seu senso de dever e obrigações. Eles sustentam instituições estabelecidas e normalmente são membros ativos e cooperadores de comissões e organizações. Seus laços sociais são importantes e bem mantidos. Com frequência se dão ao trabalho de fazer algo útil e agradável por alguém e apreciam especialmente ser receptivos em tempos de dificuldades ou grande celebração.

Possíveis Aspectos Negativos
Porque ESFJs valorizam tanto a harmonia, tendem a evitar conflitos em vez de lidar com os problemas de forma direta. Algumas vezes colocam demasiada importância e valor nas opiniões e sentimentos daqueles por quem se importam. Durante tempos tensos e dolorosos, eles podem ficar cegos aos fatos da situação. Eles precisam aprender a lidar direta e honestamente com o conflito, confiando que sua sensibilidade natural ao sentimento dos outros os suprirá com o necessário tato mesmo na mais difícil das situações.
ESFJs com frequência ignoram suas próprias necessidades por causa do seu desejo de agradar ou ajudar outras pessoas. Eles têm grande dificuldade em dizer "não" ou pedir por ajuda por não quererem se arriscar a ofender ou desapontar ninguém. Normalmente têm dificuldade em dar ou aceitar críticas construtivas porque tomam as coisas muito pessoalmente. Eles podem tornar-se pessimistas e melancólicos quando não podem ver formas de realizar mudanças em suas vidas. Afastar-se um pouco dos seus problemas para obter alguma objetividade normalmente os ajuda a ganhar um novo ponto de vista.
Em seus esforços para ajudar as outras pessoas, ESFJs algumas vezes expressam suas fortes opiniões de forma autoritária e dominadora. Eles lucrariam mais se esperassem para descobrir se suas sugestões ou ajuda são realmente desejadas antes de oferecê-las.
ESFJs com frequência tomam decisões muito rapidamente, antes que tenham tido tempo adequado para reunir todos os fatos menos óbvios e considerar as implicações de suas ações. Eles não tendem a procurar maneiras novas e diferentes de fazer as coisas e podem parecer inflexíveis. Adiar julgamentos em favor de permanecer abertos a novas abordagens para os problemas dará a eles uma melhor base de informação e os ajudará a tomar melhores decisões.

CARREIRA
O que segue é uma lista dos elementos mais importantes para a satisfação profissional do ESFJ. Note que esses dez elementos podem se apresentar em variados graus de intensidade e ordem de importância. Os dez elementos, no entanto, identificam o que os ESFJs necessitam para estar satisfeitos profissionalmente.


Como um ESFJ, satisfação na carreira significa fazer um trabalho que:
Permita-me estabelecer e manter relacionamentos interpessoais amigáveis e genuínos com outras pessoas, trabalhando de maneiras reais e tangíveis para melhorar a sua qualidade de vida

Tenha benefícios práticos para as pessoas e dê-me tempo para aprender e dominar as habilidades necessárias antes de usá-las

Permita-me exercer controle, trabalhando com muitas pessoas e ajudando-as a trabalhar harmoniosamente em direção de um objetivo comum

Tenha expectativas claras e onde a avaliação do meu desempenho seja julgada por critérios explicitamente estabelecidos e especificados

Seja feito em um ambiente cooperativo, livre de conflitos e tensão entre colegas, supervisores, clientes, pacientes e outros

Permita-me tomar decisões e usar procedimentos eficientes para garantir que todos os detalhes dos meus projetos sejam concluídos segundo as minhas especificações

Dê-me bastante oportunidade para interagir com outras pessoas durante todo o dia, e ser uma parte integral do processo de decisão

Permita-me organizar o meu próprio trabalho e daqueles a minha volta para me assegurar que as coisas estejam correndo tão bem e eficientemente quanto possível

Seja feito dentro de um ambiente amigável, onde as pessoas expressem suas apreciações pelas minhas realizações, onde eu sinta aprovação e apoio e onde eu considere meus colegas meus amigos

Seja feito em um ambiente onde exista estrutura, onde a cadeia de comando seja conhecida e compreendida e onde a autoridade é respeitada

Pontos fortes e fracos relacionados com o trabalho dos ESFJs incluem:

PONTOS FORTES

Bons cooperadores; criam relacionamentos amigáveis e harmoniosos com os outros

Adotam uma abordagem pessoal apesar da ocupação

Trabalhadores, produtivos, conscienciosos e leais

Adaptam-se bem a rotina, obedecem a regras e regulamentos

Bem organizados e capazes de lembrar e usar fatos

PONTOS FRACOS

Sensíveis a críticas, estressados por situações de trabalho carregadas de tensão

Podem se tornar desencorajados sem elogio e expressão de apreciação

Podem tomar decisões muito rapidamente e sem considerar outras opções

Podem não procurar por novas formas de fazer as coisas; podem ser teimosos e rígidos

Podem se tornar inquietos trabalhando sozinhos por extensos períodos de tempo; necessitam socialização


Ocupações Populares para ESFJs
Ao listar ocupações que são populares entre ESFJs, é importante notar que existem pessoas bem sucedidas de todos os tipos em todas as ocupações. Entretanto, o que segue são carreiras que ESFJs podem achar particularmente satisfatórias. Esta não é, de forma alguma, uma lista completa, mas é apresentada aqui para sugerir possibilidades que você pode não ter previamente considerado. A lista a seguir não é apresentada em ordem de importância e/ou preferência.
Enfermeiro

Assistente social

Comissário de bordo

Auxiliar contábil

Auxiliar de médico/dentista

Professor: ensino fundamental

Ministro/Sacerdote/Rabino

Comerciante varejista

Operador de telemarketing

Orientador

Professor de educação especial

Corretor de seguros

Preparador de atleta

Recepcionista

Consultor administrativo: recursos humanos/treinamento

Fisioterapeuta

Veterinário

Massoterapeuta

Nutricionista

Dentista

Médico de família

Fonoaudiólogo

Supervisor administrativo

Assistente jurídico

7 Comments

Fri

02

Jul

2010

Como andam suas habilidades sociais?

Em debate no LinkedIn com Waleska Farias, recebi o provilégio de ter minhas palavras publicadas.

 

Confiram: Waleska Farias - Gestão de Carreira e Imagem

 

Abraços a todos!

0 Comments

Wed

19

May

2010

1 foto por dia durante 2 anos - Loucura

Olá moçada, achei o máximo a idéia deste rapaz, todos os dias, durante dois anos, ele tirou uma foto dele e fez um vídeo muito bacana no final.

 

O resultado vocês podem ver no vídeo aqui postado.

 

 

0 Comments

Wed

19

May

2010

VT da Pepsi - parece um filme!

Ta aí mais uma propaganda espetacular da Pepsi, parece mais a gravação de um filme do que de um VT, super produção e elenco do mais alto cachê, hehehehe. Tem quem diga que este comercial é o mais caro produzido até hoje no mundo inteiro, mas eu não tenho esta informação.

 

Curtam o vídeo..

2 Comments

Thu

13

May

2010

Photoshop CS5 faz até chorar, de emoção!

No dia 12 de abril, a Adobe lançou a nova versão de seu pacote Creative Suite. No vídeo abaixo, a empresa demonstra uma das novas ferramentas do Photoshop CS5, a Content-Aware Fill.

Um trabalho que levaria horas de retoque, dura apenas alguns segundos, limpando a imagem de elementos não desejados utilizando apenas o “delete”. A Adobe diz que essa foi uma das mudanças mais requisitadas por usuários do software: remoção e alteração em menos tempo.

Já dá pra ver um monte de diretor de arte chorando. Assiste o vídeo abaixo, que você vai entender o porque.

O cs5 conta também com algumas novas funções, conheça algumas delas:

 

  • Efficient workflow: melhora a eficiência de trabalho e de forma automática, muda as cores e a opacidade de todas as camadas simultaneamente.
  •  
  • Superior HDR imaging: processo de melhora na foto, faz com que ela acabe com os problemas de fantasmas e foco. Essa nova função faz com que o usuário tenha muito mais controle sobre a arte final da foto.
  •  
  • State of art raw image processing: mudanças nas fotos, como escurecer e clarear, sem perder as principais características. Mantém a cor e o nível de detalhes.

 

    Arrastar arquivo: até a versão 4, aoq uerer adicionar um novo arquivo a um file em produção, este ao ser arrastado para a tela era aberto como outro arquivo, como um novo file. Agora, ao arrastar um novo arquivo e soltar em cima de um file já em produção, o Cs5 o reconhece como um "Smart Object" e abre o mesmo no mesmo projeto, numa nova layer.

 

    Content Aware: este recurso é o apresentado no vídeo acima, funciona da seguinte forma: Abra a foto que você queira manipular, utilize a ferramenta "Lasso Tool" e selecione o que quer modificar, em seguida pressione "Shift+Backspace", uma janela de recursos irá aparecer, nesta, em "Use" escolha a opção "Content-Aware", e pronto, obterá o resultado do vídeo, outra opção é utilizar a ferramenta "Spot Healing Brush Tool". Experimente.

 

    Rotate: oferece recurso de rotação por angulo na barra de opções.

 

Aaaaiiiiii... chega!

 

Não da pra escrever tudo porque se eu fizer isso este post vai virar um livro, mas o recado ta dado, assim que possível vou providenciar o CS5 para mim, também estou a fim de chorar.

 

Abraços a todos.

 

 

 

Fontes: http://www.brainstorm9.com.br/2010/03/24/photoshop-cs5-faz-ate-chorar-de-emocao/ e http://imasters.uol.com.br/artigo/16627/photoshop/efeitos_magicos_no_photoshop_cs5/

3 Comments

Thu

25

Mar

2010

Sustentabilidade - Ética ou Interesse?

A nova moda nas empresas é se apresentar socialmente responsável. É bonito de se ouvir, de se ver, agrega valores à marca, ao produto; estes claro, são os resultados que se obtem por ser uma empresa sustentável.

 

A pergunta é: as ações sociais apresentadas pelas empresas atualmente tem um fundamento propriamente ético ou trata-se de interesse por uma nova estratégia de marketing ou o velho e bom amigo "marketing social"?

 

Não é preciso utilizar a ética para conseguir chegar ao interesse; para obter retorno positivo socialmente. Basta ter, de fato, uma atitude socialmente responsavel e concordar em aplicar a sustentabilidade em prol do mundo e não da empresa.
 
É importante que o foco ético não seja corrompido com o início do retorno positivo à empresa.
 
A crítica aqui feita não é para a utilização da mídia como forma de programação da responsabilidade social. Na verdade, esta é importante pois funciona como método influenciador para que as atitudes éticas e sustentáveis sajem tomadas por outras empresas que não a fazem, porém, não é de acordo que o interesse comercial se enquadre nas campanhas sociais, por não ser necessário e literalmente por não ser ético.
 
Incentivo que, antes de tudo, os empresários tem que ser éticos e não socialmente responsáveis, para isto, basta manter relações corretas, não-corruptas, cumprir leis, pagar impostos corretamente, etc, pois como um empresário sem uma essência ética própria será socialmente responsável? a pratica da responsabilidade social é ir alem do cumprimento da lei, é querer realmente redefinir o papel da empresa diante da sociedade, transformando a comunidade em um ambiente mais justo e harmonioso.

 

2 Comments

Thu

25

Feb

2010

Processo criativo

O publicitário deve antes de qualquer coisa ter um caleidoscópio dentro de si mesmo, um mecanismo de cores, formas, idéias que não seja linear; a partir disto é possível criar qualquer coisa.

O processo criativo não é algo que se aprende, é algo que se cria dentro de si mesmo. Cada indivíduo tem sua forma de pensar, elementos de inspiração diferentes que o levam a crer que algo seja belo, funcional e atrativo. Acredito que este processo não deva ser único, o indivíduo, na publicidade, não precisa passar por todo este processo sozinho, se não, não saberíamos o que é um brainstorm. A publicidade não é como escrever um livro, ou a maioria deles, em que estes tem a essência de uma pessoa, podemos trabalhar em grupo, dividir idéias e experiências e criar uma teia de criatividade dentro de uma equipe que resultam em um trabalho.

Por mais que seja criada, a criatividade não precisa sempre nascer de um marco zero, podemos buscar inspiração em outras pessoas, em livros, em músicas e até mesmo em outras peças publicitárias; o importante é manter-se sempre informado culturalmente e comercialmente, acompanhar as tendência e acima de tudo ter a mente aberta, assim, será mais fácil criar seu próprio processo criativo e tudo irá fluir com mais facilidade.

1 Comments

Wed

24

Feb

2010

Lá vou eu pensar na minha monografia!

Cá estou eu, ultimo ano, Projeto Experimental I em andamento! Mas o que fazer?

É claro que já sei né! hehe, mas não vou abrir a boca ainda não.


Segue um texto que fiz pra minha orientadora (ou desorientadora). Ela disse, "Camila, me fale porque escolheu o curso e sobre o que pretende escrever'. Tá aí moçada. Bjos mil.




Cheia de energia! É assim que chamavam “essa menina de imaginação fértil”. Ao atingir a adolescência mudou um pouco, passou à “relativamente despudorada diante de certos conceitos conservadores”! Sempre fui muito transparente, nunca tive medo de encarar os assuntos, as pessoas; também tinha um hobbie, a fotografia, portanto sempre soube que eu tinha que fazer Comunicação Social. Confesso que a princípio pensei em fazer jornalismo, mas comecei a me imaginar correndo atrás de notícias o tempo todo ou sentada em frente a um computador escrevendo sobre um fato “já escrito nas linhas da história”, seja reconhecido ou não. Eu queria colocar a energia pra fora, então mudei de idéia e resolvi fazer publicidade, assim eu poderia exteriorizar o caleidoscópio que existe dentro de mim.

Provei e gostei e ainda digo a todos; “o gosto é muito bom”! Eu entrei de cabeça no curso e costumo dizer que dei sorte, pois escolhi o curso que é a minha cara de primeira, não perdi tempo na vida acadêmica e profissional.

As pessoas à nossa volta costumam nos influenciar com sua personalidade, com suas idéias e ideais, principalmente se tiverem um significado forte em nossa vida. Meu noivo, uma pessoa que amo muito, Thiago, é estudante de direito, ama o seu curso e sempre me falou da importância de ser justo, honesto, leal às pessoas e respeitá-las, além de várias vezes me dizer o quanto o curso de direito é interessante. Influenciada por tais palavras, pensei em fazer a monografia sobre as leis e a publicidade; o que é permitido, o que é contra lei, o que é antiético, o que é imoral. Ia escrever sobre as regras do Conar, sobre as leis, sobre os direitos do consumidor, enfim, um tema muito importante, mas Deus! Como é chato! Desisti deste tema específico, mas uma coisa é certa, vou abordar uma questão social, pois acredito na importância da mesma e na eficiência destas questões quando bem propagadas.


Pensem nisso!

5 Comments

Fri

22

Jan

2010

Atendimento - desafios e oportunidades

Se você é daqueles que fazem publicidade e sempre é escolhido pelo seu grupo para apresentar os trabalhos acadêmicos, então você tem vocação para ser atendimento.

Mas não basta saber falar em frente a um grupo de pessoas, este profissional tem grandes desafios, posso até brincar um pouco que estes são internos e externos. Os desafios internos são suas próprias emoções e capacitações, o atendimento tem que ter controle emocional, pois muitas vezes, fica entre o estresse de seu cliente e o nervosismo de sua equipe e é de suma importância que o atendimento seja um pacificador, seus conhecimentos também são importantes, o profissional de atendimento deve saber o que está fazendo e falando, manter-se organizado, ser educado e ter boa aparência é de grande significância; como desafios externos, vejo a busca por oportunidades no mercado de trabalho, a chance de mostrar suas qualificações como pessoa e como profissional. Particularmente, acredito que vencendo os desafios internos é possível criar suas próprias oportunidades, falo por experiência própria, como eu estava desempregada, procurei pequenas empresas e divulguei minhas habilidades, fiz cartão de visita, banners e arquivos em flash também, mas para tanto, além de me apresentar como designer, me tornei atendimento, contando apenas com meu conhecimento sobre o serviço que eu estava oferecendo, da minha necessidade criei uma oportunidade.

O palestrante Waldez Ludwig disse em uma de suas palestras: “Vai ser craque no que você faz, ta faltando craque no mercado”.

Com isto, concluo este texto dizendo, vença seus desafios internos, seja craque no que você faz, no que você estuda, pois assim, um dia vai surgir uma oportunidade, pode demorar, mas que vai, isso vai.

 

 

3 Comments

Mon

04

Jan

2010

Paisagens feitas com comida

Vejam só estas fotos de paisagens feitas com comida, será que foi daí que saiu a expressão comer com os olhos???

Nesta floresta, as árvores são feitas de brócolis, com ervilhas penduradas e as estradas são pavimentadas com cominho. O gramado é feito de ervas e as montanhas de pão. Nuvens de couve flor adornam o céu.

Os ingredientes comestíveis nesta cena rural de inspiração italiana incluem um carrinho feito de fatias de lasanha, campos de macarrão e nuvens de mozzarella. Árvores de pimentão, salsa e majericão completam o cenário, ao fundo, um vilarejo de queijo.

O mar vermelho desta praia, ao "pôr-do-sol", é feito de fatias de salmão. Batatas e pão formam as rochas. Um barquinho feito de ervilhas completa o cenário.

Casa de queijo, toldos e cestos de macarrão, grãos, legumes e verduras formam a ruela.

Culinária italiana com muitas verduras e macarrão. Casas de queijo.

15 Comments

Wed

18

Nov

2009

Por que você ri?

Desde que nascemos nós sorrimos, é um movimento que fazemos inúmeras vezes durante o dia e por diversas razões, ele pode indicar variadas reações e sentimentos. Mas porque de fato nós rimos? Como surgiu o riso? É sobre isto que vamos refletir nas próximas linhas deste texto.

De acordo com a filosofia de John Morreal, o primeiro riso da humanidade pode ter surgido como uma expressão de alívio, como ter se livrado de algo perigoso que estava trazendo medo e angústia. Um ataque de riso resulta em um relaxamento que faz com que o organismo não tenha uma resposta ao perigo, e analisando isto em um contexto social, pode demonstrar confiança na companhia de outra pessoa.

Para Freud, o humor funciona como uma espécie de válvula de escape psicológica: impede a pressão do recalque e nos ajuda a lidar com as angústias inevitáveis.

De acordo com diversas pesquisas, o riso quebra barreiras entre as pessoas, e funciona como um conciliador de situações, isso acontece inúmeras vezes também no mundo do trabalho, estudos dizem que quando o chefe sorri, os subordinados também sorriem, isto faz com que o chefe atue como o controlador desta situação, apaziguando a tensão do ambiente coorporativo e conquistando a confiança de seus funcionários.

Segundo a estudiosa da Universidade de Tübingen, Bárbara Wild, rir serve principalmente para criar um sentimento de grupo. O gracejo coletivo faz com que os medos e inibições diminuam e assim as pessoas sentem-se mais próximas umas das outras e lidam mais facilmente com situações desagradáveis.

"O riso é uma filosofia. Muitas vezes o riso é uma salvação. E em política constitucional, pelo menos, o riso é uma opinião". Eça de Queiroz

Na visão dos antropólogos, o riso tem a função de controlar sentimentos negativos, aplacando tensões e o stress, fazendo com que a pessoa se sinta mais relaxada e feliz.

Portanto, de acordo com os estudos e pesquisas, o riso é uma reação do ser humano ao alívio e uma expressão de alegria e bem-estar. Pode ser também uma expressão para transformar algo, como uma situação desagradável em agradável ou até mesmo para melhorar o ambiente no trabalho. Rir pode ser tanto uma causa, quanto uma conseqüência, o riso minimiza dores e multiplica bons sentimentos. Só tome cuidado pra não rir alto quando seu vizinho chato tropeçar na calçada, ok?

 

Michelle Pais

 

0 Comments

Fri

06

Nov

2009

Trabalho e Amor juntinhossssss!!!!!!!

Camila e Thiago
Camila e Thiago
1 Comments

Fri

06

Nov

2009

Pop art - O que é?

 

Introdução 

A Pop Art, abreviatura de Popular Art, foi um movimento artístico que se desenvolveu na década de 1950, na Inglaterra e nos Estados Unidos. Foi na verdade uma reação artística ao movimento do expressionismo abstrato das décadas de 1940 e 1950.

Crítica à cultura de massa

Os artistas deste movimento buscaram inspiração na cultura de massas para criar suas obras de arte, aproximando-se e, ao mesmo tempo, criticando de forma irônica a vida cotidiana materialista e consumista. Latas de refrigerante, embalagens de alimentos, histórias em quadrinhos, bandeiras, panfletos de propagandas e outros objetos serviram de base para a criação artística deste período. Os artistas trabalhavam com cores vivas e modificavam o formato destes objetos. A técnica de repetir várias vezes um mesmo objeto, com cores diferentes e a colagem foram muito utilizadas.

Materiais usados 

Os materiais mais usados pelos artistas da pop art eram derivados das novas tecnologias que surgiram em meados do século XX. Gomaespuma, poliéster e acrílico foram muito usados pelos artistas plásticos deste movimento.

Principais artistas da Pop Art:

- Andy Warhol: maior representante da Pop Art. Além de pintor foi também cineasta.

 

- Peter Blake: foi o criador da capa do disco Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, dos Beatles.

 

- Wayne Thiebaud: pintor norte-americano que se destacou na criação de obras com teor humorístico e nostálgico.

 

- Roy Lichtenstein: pintor norte-americano que trabalhou muito com HQs (histórias em quadrinhos), criticando a cultura de massas.

 

- Jasper Johns: pintor norte-americano cuja obra principal foi Flag (Bandeira) de 1954.


Influências 

A pop art exerceu uma grande influência no mundo artístico e cultural das épocas posteriores. Influenciou também o grafismo e os desenhos relacionados à  moda.

3 Comments

Sat

17

Oct

2009

Paixão - Vídeo do Rio - Olimpíadas 2006

E aí pessoal!!!!

 

Pra quem não curtiu o vídeo que foi apresentado na seleção para as olimpíadas, ta aí!

 

Ficou lindo, ao som de "Cidade Maravilhosa"

 

Vídeo feito pelos organizadores da campanha do Rio de Janeiro para sede da Olimpíada de 2016 apela para a 'paixão' na tentativa de convencer os eleitores do Comitê Olímpico Internacional. A peça foi dirigida por Nando Olival, Renato Rossi, César Charlone e Rodrigo Meirelles.

0 Comments

Mon

28

Sep

2009

Pipoca e Guaraná - Quem não se lembra??!!

Esse jingle é muito legal!

 

Em 1991, surgia um dos jingles mais cantados e lembrados de todos os tempos: o "Pipoca e Guaraná". A campanha foi criada pela DM9DDB e produzido pela MCR. A criação do jingle é de Campa, Mineiro e Brunetti.

Desde então, pipoca harmoniza-se com Guaraná. E ponto. A ideia de fato é perfeita. Primeiro, o sabor salgado da pipoca, que remete imediatamente à sede. Depois, um Guaraná bem gelado, de sabor mais adocicado do que o da grande concorrente Coca-Cola e, portanto, um excelente contraponto ao excesso de sal da pipoca. Junte-se um jingle magistralmente produzido e executado, e temos um dos maiores cases da publicidade brasileira.

 

1 Comments

Wed

26

Aug

2009

Minha News

0 Comments

Wed

26

Aug

2009

Waldez Ludwig no Jô - clique em read more para ver as três partes da entrevista

0 Comments

Tue

25

Aug

2009

Nada se cria, tudo se copia!

Inacreditável, COPIARAM O TWITTER!

 

Vejam vocês mesmos e paaaaasmemmm!

 

http://woofertime.com/

 

Abraços

 

 

 

2 Comments

Tue

25

Aug

2009

Cantinho de sonhos

Não pude deixar de falar sobre o novo blog da Sandra Souza, minha cliente da Quiron!

 

Ela criou um blog de sonhos, com poesias lindas!

 

Também pudera, não esperava nada diferente de uma pessoa com uma energia tão positiva.

 

Confiram e deliciem-se assim como eu!

 

http://sandrasouzabh.wordpress.com/ 

 

Abraços

 

 

 

 

2 Comments

Mon

24

Aug

2009

Não se preocupem mulheres, nossa percepção de beleza está muito distorcida!

1 Comments

Thu

06

Aug

2009

Só para descontrair...

3 Comments

Wed

05

Aug

2009

Curta - Renascer

Pessoal, este é o curta que eu e meu grupo elaboramos no semestre passado na faculdade para a matéria Direção de Arte II.

 

Não quero expor o conceito, prefiro que cada um tire a sua conclusão.

 

Não deixem de comentar, beijocas.

 

 

 

 

3 Comments

Tue

04

Aug

2009

Inspiração...

Essa minha carreira de publicitária ta pra lá de movimentada.

 

Sou apaixonada pela área, confesso, mas há tempos me interesso por me especializar em outra também (sem deixar minha paixão de lado). Já venho pensando nisto há algum tempo e nos dois últimos semestres tive uma referência um tanto quanto extraordinária.

 

Portanto caros amigos, venho a partir deste lhes informar que sim, voltei a estudar! E com a maturidade que admito nao possuir aos meu quase 18 anos, quando fiz vestibular pela primeira vez.

 

O curso? Psicologia. O Emporrão? (mesmo que ela não saiba ainda) Renata Feldman!

 

Isso mesmo, minha professora de redação publiciária, e psicóloga também, (não minha, rsrs).

 

Sabe quando vocês encontram uma pessoa a quem se espelhar? Pois é, eu encontrei, e deste reflexo não largo mais!

 

Não querendo tirar o mérito da mesma, mas eu já queria fazer o curso, rsrs.

 

Dedico este post a esta professora querida, que me mostrou que com calma e persistência a gente consegue o que sabemos ser melhor para nós e para o próximo, não só na vida pessoal como no lado profissional também!

 

Feldman, obrigada!

Você não sabe, mas me ajudou muito nossa convivência acadêmica.

 

Ahh, ficaram curiosos? Visitem o blog dela: http://renatafeldman.blogspot.com

 

Abraços a todos.

 

 

 

1 Comments

Mon

29

Jun

2009

Blip

Você que não conhece o Blip.fm... já ta na hora!

 

Lá você monta a sua rádio online, pode fazer upload de músicas no seu computador ou procurar alguma no próprio blip.

 

Escute a sua seleção em qualquer lugar! Ah, você também pode ouvir o playlist de outras pessoas, favorita-las e mais.

 

Muito bacana, acesse já e monte seu playlist.

 

www.blip.fm

 

Aproveite e acesse o meu!

 

blip.fm/fassini

 

Até mais!

 

 

 

0 Comments

Sat

27

Jun

2009

Editor Online

Essa eu não podia deixar de dividir com ninguém!

 

Descobri este site de edição online, pessoal, é muito parecido com a plataforma Adobe que todos conhecem; tem varinha mágica, blur, carimbo e muito mais, e você ainda pode salvar no formato do próprio software para não perder as layers, é isso mesmo, tem layers (como psd), ou pode salvar direto como jpeg ou png. Fantástico!!!!

 

Dá uma conferida!

 

http://www.sumo.fi/products/sumopaint/index.php?id=0

 

 

 

3 Comments

Sat

27

Jun

2009

Integração Total

Caramba, agora sim, consegui integrar em um só lugar todas as minhas ferramentas web de comunicação!

Twitter, Orkut, Site e agora sim, o Blog.

 

2 Comments